VISITAS......

Muitas pessoas relatam dificuldades para lidar com o fato de alguém querido estar com câncer: "Sobre o que falar?" "O que fazer?"
Ai vão algumas sugestões do que fazer e do que não fazer durante sua visita, mas lembre-se de que o mais importante de tudo é o seu bom-senso.



Faça:

- Esteja certo de que o paciente deseja sua visita. Se ele foi submetido a uma cirurgia, os primeiros dias seguintes podem ser desconfortáveis. Pergunte a alguém da família se o paciente está disposto a receber visitas. Se não estiver, até que ele se sinta melhor, flores ou um bilhete serão muito mais apropriados.
- Trate o paciente como você sempre o tratou. Não se acanhe em dar um beijo no rosto ou um aperto de mão.
- Sente-se perto dele. Ficar em uma cadeira do outro lado do quarto promove uma sensação de afastamento.
Converse normalmente, sobre todas as coisas, como sempre fez. Pacientes não ficam pensando o tempo todo sobre a sua doença. Eles têm necessidade de saber o que está acontecendo pelo mundo afora.
- Pacientes com câncer podem ter sentimentos de medo e solidão, que precisam ser compartilhados. Deixe-o falar e esteja pronto para ouvir. Não desvie o assunto, pois esta atitude pode fazê-lo calar e sentir-se isolado.
- Se você está nervoso e não sabe o que falar, diga isto ao paciente. É a sua presença que conta e a sua sinceridade demonstrará que você se importa com ele.
- Observe o paciente. Suas reações é que determinarão a duração da sua visita. Se ele demonstra sinais de desconforto, fica olhando para o chão, reclina na cama e fecha os olhos, é tempo de falar "até logo".


Não Faça:

- Não comente outros casos de câncer que você conhece ou ouviu falar. Este tipo de conversa só aumentará desnecessariamente o medo e a apreensão do paciente.
- Nunca sugira ao paciente ouvir uma segunda opinião. É importante que ele confie nos seus médicos. Este tipo de sugestão pode prejudicar a boa relação médico-paciente.

- Não assuma papel de educador. Se o paciente tiver dúvidas ou questionamentos, encoraje-o a perguntar ao médico e aos outros profissionais que o estão atendendo.

1 comentários:

Lau Baptista 10 de novembro de 2010 07:17  

Oi Rosa!
Tudo bem?
Que bom saber que tem desfrutado do meu Blog.
Seja bem vinda e fique a vontade.
Beijos grandes,
Lau Baptista

Quem sou eu

Minha foto
SOU COMO VOCE ME VE. POSSO SER LEVE COMO UMA BRISA,OU FORTE COMO UMA VENTANIA. DEPENDE DE QUANDO E COMO VC ME VE PASSAR. Clarice Lispector

Seguidores